‘Harry e Meghan Markle querem fama e fortuna’, diz irmã da atriz

Reprodução/InstagramCrise ‘Megxit’ continua estampando manchetes dos tabloides britânicosSamantha Markle criticou nesta segunda-feira (20) sua irmã Meghan num desabafo publicado no jornal inglês The Sun. Ela alegou que a saída de Harry e da duquesa de Sussex da família real não tem a ver com comportamentos da realeza ou racismo.
“O pregador e o coro [da cerimônia de casamento] eram todos de herança africana. A realeza abraçou isso. Eles receberam Meghan em suas vidas. Nunca ouvi nada racista saindo dos Windsors sobre a minha irmã”, analisou.
Para minorias britânicas, no entanto, o afastamento de Meghan e Harry da família real foi motivada por agressões, muitas com conotação racial, por parte da imprensa do Reino Unido, particularmente os ruidosos tabloides do país.
“Harry e Meghan Markle querem fama e fortuna”, declarou Samantha. De acordo com ela, a saída da duquesa de Sussex e do príncipe Harry da família real não significa que os dois queiram uma vida privada e fora dos holofotes. Pelo contrário, querem ainda mais visibilidade.
“Eles desfilaram no tapete vermelho, tentaram fazer acordos com a Disney e se tornaram amigos dos Clooneys. O objetivo deles é fama e fortuna, é ser Hollywood”, afirmou.
Samantha disse ainda que a duquesa de Sussex se tornou uma pessoa “totalmente diferente” depois que entrou para a realeza britânica, “colocando a riqueza e a fortuna acima da própria família”.
Isso porque, ao seu ver, Meghan não se importou com as polêmicas divulgadas sobre a relação dela com o pai.
“Ela assistiu à mídia provocando e torturando meu pai, sem nunca ter agido em sua defesa. Ele pagou cada centavo da educação dela e se importava muito com ela”, afirma. “Ele agora está frágil, com problema no coração. E não tem uma equipe de relações públicas para contar uma boa história sobre ele”, completa.
*Com Estadão Conteúdo