Coronavírus: Administradores da herança de Michael Jackson anunciam doações

AGLIBERTO LIMA/ESTADÃO CONTEÚDODoações de até US$ 300 mil foram destinadas a instituições americanasO fundo que administra a herança de Michael Jackson anunciou nesta quarta-feira (25) três doações de US$ 100 mil (R$ 507 mil) para três organizações, duas delas relacionados ao mundo artístico, que está sendo afetado pelas paralisações provocadas pelo novo coronavírus.
“O vírus ataca o coração das comunidades as quais nos sentimos mais próximos”, escreveram os codiretores do fundo, John Branca e John McClain.
Duas doações serão destinadas para Broadway Cares e MusiCares, que atuam na defesa de funcionários do conjunto de casas de espetáculos de Nova York e de músicos do país, respectivamente.
Além disso, haverá dinheiro encaminhado também para a Square Food Bank, um banco de alimentos que atua no estado de Nevada.
Um grupo de 20 produtores da Broadway já havia se reunido e arrecadou US$ 1 milhão (R$ 5 milhões) para funcionários e equipes de apoio, com o objetivo que tenham atendimento médico e assistência financeira durante o fechamento dos teatros.
Celebridades de diversos países anunciaram doações a instituições que trabalham contra o avanço da doença. Arnold Schwarzenegger, por exemplo, doou US$ 1 milhão, enquanto Rihanna anunciou uma doação de US$ 5 milhões.
*Com EFE