Com shows adiados, sertanejo Gusttavo Lima anuncia novo projeto: “Anotem na agenda”



– Advertisement –

O cantor sertanejo Gusttavo Lima, que não vai deixar o seu público na mão – Reprodução: Instagram
O cantor sertanejo Gusttavo Lima, que, devido a quarentena devido ao coronavírus, teve os shows marcados para estes próximos dias adiados, resolveu, para entreter os seus fãs, tomar uma iniciativa na noite desta última quarta-feira (25).
+Gusttavo Lima impressiona fãs com tamanho de sua academia em casa
– Advertisement –

É que o cantor sertanejo, já que não vai se apresentar em nenhum lugar ainda por um bom tempo, resolveu anunciar um show que será transmitido através de suas redes sociais. Gusttavo Lima já marcou até a data.
Bom, vamos ao serviço: a apresentação do músico será no próximo sábado, dia 28. O show terá início às 8 horas da noite e será gratuito ao público. O local? Onde você escolher! Para acompanhar, é necessário apenas um celular e internet!
– Advertisement –

+Sertanejo Gusttavo Lima sofre novo golpe e pode deixar carreira no prejuízo
“Fala comigo?! Já anotaram na agenda nosso encontro no próximo sábado, dia 28/03?! Farei uma transmissão ao vivo para matarmos um pouco a saudade… Estou preparando tudo com muito carinho, para levar muita alegria e entretenimento para todos vocês… Nos encontramos lá”, escreveu o cantor em suas redes sociais ao compartilhar uma arte chamando para o projeto.

Vale lembrar que, ainda nesta semana, o músico deu um verdadeiro show de humanidade ao compartilhar uma atitude que teve diante desta pandemia do coronavírus. Como sabemos, muitas pessoas ficarão sem seu salário já que, ou são autônomas e não podem trabalhar, ou perderão os empregos por conta da recessão que possivelmente virá a atingir o Brasil.
+Sertanejo Gusttavo Lima aponta lado positivo da quarentena
Pois bem, se depender de Gusttavo Lima, nada disso irá acontecer para os seus funcionários. Em entrevista a Leo Dias, o cantor sertanejo, que também é empresário, escreveu: É hora de agirmos como ser humanos. Não vou deixar meus funcionários na mão. Não vou demitir ninguém, nem reduzir o salário de nenhum funcionário. Eu tenho cerca de 50 pessoas que viajam comigo e outras 50 nas minhas empresas, e tudo permanecerá igual”.